Mundo & História
Groenlândia perdeu mais gelo do que se esperava, diz estudo | Mundo & História
(Pixabay/SarahNic)

Groenlândia perdeu mais gelo do que se esperava, diz estudo

Derretimento das calotas da Groenlândia foi 20% maior que o verificado antes; cientistas usaram quase 240 mil imagens de satélite na análise.

(ANSA) – Uma pesquisa publicada nesta quarta-feira (17) mostrou que as mudanças climáticas causaram uma perda de gelo na calota de gelo da Groenlândia 20% maior do que se pensava anteriormente.

O estudo utilizou imagens de satélite para monitorar a retirada dos glaciares nas últimas quatro décadas.

Leia também: Aquecimento global quebrou vários recordes em 2023

Estudos anteriores haviam descoberto que aproximadamente 5 mil gigatoneladas de gelo foram perdidas da superfície da calota da Groenlândia nas últimas duas décadas, contribuindo de forma significativa para o aumento do nível do mar.

Imagens de satélite para analisar a Groenlândia

No novo estudo, pesquisadores nos Estados Unidos utilizaram quase 240 mil imagens de satélite sobre as posições dos glaciares adjacentes ao oceano de 1985 a 2022.

“Quase todos os glaciares da Groenlândia diminuíram ou recuaram nas últimas décadas”, disse o autor principal da pesquisa, Chad Greene, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, que também disse à AFP que “não há exceções, isso está acontecendo em todos os lugares e tudo de uma vez”.

Leia também: O maior iceberg do mundo está se movendo

Estima-se que o derretimento da vasta calota de gelo da Groenlândia, a segunda maior do mundo depois da Antártida, tenha contribuído com mais de 20% para o aumento do nível do mar observado desde 2002.

O aumento do nível do mar ameaça aumentar as inundações em comunidades costeiras e insulares que abrigam centenas de milhões de pessoas e pode eventualmente submergir nações insulares inteiras e cidades costeiras. (ANSA).

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.