Mundo & História
China construirá novo conjunto de telescópios na Antártida | Mundo & História
Foto: Pexels / Cliford Mervil.

China construirá novo conjunto de telescópios na Antártida

Projeto consiste em cem telescópios de pequeno diâmetro para observações contínuas durante a noite polar no gigante continente de gelo.

A China está planejando instalar um novo conjunto de telescópios ao redor do Polo Sul, e seu protótipo concluiu recentemente a operação experimental no gigante continente de gelo.

Chamado de Matriz de Observação Astronômica do Domínio do Tempo TianMu da Antártida, o novo projeto deve consistir em cem telescópios de pequeno diâmetro e grande campo na região antártica, com um único cobrindo uma área de céu de 10 mil graus quadrados.

Leia também: O maior iceberg do mundo está se movendo

Esses telescópios ópticos realizarão observações contínuas durante a noite polar todos os anos, de acordo com seus projetistas do Observatório Astronômico de Shanghai (SHAO, em inglês), da Academia Chinesa de Ciências.

Transporte do protótipo para a Antártida

O protótipo da matriz foi transportado para a Estação Zhongshan, da China, durante a 39ª expedição científica antártica do país. Dois quebra-gelos chineses iniciaram a expedição no final de outubro de 2022 e viajaram mais de 60 mil milhas náuticas durante 163 dias.

Desde 20 de fevereiro de 2023, o protótipo completou observações sem problemas por 248 dias consecutivos e obteve uma grande quantidade de dados durante a noite polar antártica.

Eficácia do protótipo

A análise preliminar mostrou que a precisão fotométrica do protótipo de estrelas mais brilhantes do que a 9ª magnitude em imagens expostas por 30 segundos atingiu um milésimo de uma magnitude estelar, verificando a viabilidade do projeto do protótipo, disse Zhou Dan, engenheira-chefe do protótipo do SHAO.

Leia também: Competidores encaram maratona com 22 graus negativos na Antártida

O protótipo é o primeiro equipamento de observação astronômica da China na Antártida baseado na tecnologia de dispositivo acoplado de carga (CCD) de varredura por deriva, que permite que o telescópio rastreie objetos celestes sem um mecanismo de acionamento, de acordo com Zhou.

Com informações da agência de notícias Xinhua.

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.