Mundo & História
Caranguejos eremitas estão 'vestindo' o lixo descartado pelo Homem | Mundo & História
Caranguejo da espécie Coenobita purpureus com fragmento de lâmpada. (Divulgação/Science of The Total Environment)

Caranguejos estão ‘vestindo’ o lixo descartado pelo Homem

Novo estudo aponta que animais estão preferindo tampas plásticas, garrafas e outros resíduos em vez de conchas naturais.

O plástico é o elemento mais prevalente nos resíduos marinhos – os resíduos descartados pela Humanidade –, com impactos muito prejudiciais na vida selvagem. Um novo estudo publicado no periódico científico Science of the Total Environment mostra que caranguejos eremitas já estão há algum tempo ‘vestindo’ conchas artificiais que na verdade são lixos descartados pelo Homem. Mais que isso, a pesquisa aponta que estes animais estão preferindo as novas defesas artificiais do que conchas naturais.

Leia também: Esta ave está sendo levada a extinção por mosquitos

Combinando dados disponibilizados na internet (incluindo textos, relatos e fotos), os pesquisadores – Marta Szulkin, Zuzanna Jagiello e Łukasz Dylewski, da Universidade de Varsóvia, na Polônia – relataram a emergência de um comportamento novo em caranguejos eremitas relacionado ao uso de plástico ou outros materiais antropogênicos como conchas protetoras.

Novo comportamento dos caranguejos eremitas

O grupo, que analisou imagens postadas em mídias sociais, identificou 386 indivíduos com conchas artificiais, principalmente tampas plásticas (85%).

Caranguejos eremitas estão 'vestindo' o lixo descartado pelo Homem | Mundo & História
Caranguejo da espécie Coenobita purpureus com tampa de plástico. (Divulgação/Science of The Total Environment)

Segundo o estudo, 10 dos 16 caranguejos eremitas terrestres do mundo utilizam conchas artificiais, um comportamento observado em todas as costas tropicais da Terra. Eles estão adotando as “novas conchas” como armaduras.

Caranguejos eremitas estão 'vestindo' o lixo descartado pelo Homem | Mundo & História
Caranguejo da espécie Coenobita purpureus com tampa de metal e fragmento de garrafa de vidro. (Divulgação/Science of The Total Environment)

Quatro mecanismos não exclusivos podem influenciar a escolha individual por conchas artificiais: sinalização sexual, leveza das conchas artificiais, pistas de odor e camuflagem em um ambiente poluído.

Impacto do novo comportamento

Ainda de acordo com os pesquisadores – que se mostraram desolados ao verem a que ponto estes animais estão convivendo com resíduos da Humanidade –, pesquisas adicionais ainda são necessárias para determinar o impacto desse comportamento nas trajetórias evolutivas dos caranguejos eremitas.

Caranguejos eremitas estão 'vestindo' o lixo descartado pelo Homem | Mundo & História
Caranguejo da espécie Coenobita purpureus com fragmento de lâmpada. (Divulgação/Science of The Total Environment)

Leia também: Mineração no fundo do mar: Noruega aprova prática controversa

O estudo fala ainda sobre o os materiais pesquisados e os métodos de pesquisa que utilizaram. O grupo realizou uma extensa busca bibliográfica de publicações científicas escritas em inglês utilizando o banco de dados Scopus para identificar artigos que utilizaram palavras-chave como “concha”, “detritos”, “plástico” e “resíduos” e as combinaram com “caranguejo eremita”.

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.