Mundo & História
China lança novo satélite de retransmissão para comunicações Terra-Lua | Mundo & História
Foto: Xinhua/Pu Xiaoxu

Satélite chinês Queqiao-2 entra em órbita ao redor da Lua

Lançado em março de 2024 para fornecer serviços de comunicação Terra-Lua, o Queqiao-2 contribuirá com missões de exploração lunar.

O satélite de retransmissão chinês Queqiao-2 realizou com sucesso o procedimento de travagem perto da Lua e entrou em sua órbita circunlunar, anunciou na segunda-feira (25) a Administração Espacial Nacional da China (CNSA, sigla em inglês).

Após cerca de 112 horas de voo, o satélite iniciou o procedimento de travagem perto da Lua a uma distância de cerca de 440 km da superfície lunar às 12h46 (horário de Pequim) de segunda-feira, e entrou em sua órbita circunlunar tranquilamente 19 minutos depois, disse a CNSA.

Próximos passos do Queqiao-2

Ao ajustar a altitude e a inclinação da órbita circunlunar, o Queqiao-2 entrará em sua órbita elíptica alvo ao redor da Lua e realizará um teste de comunicação com as sondas lunares Chang’e-4 e Chang’e-6, conforme planejado.

A travagem próxima à Lua é a ação de controle orbital mais importante durante o voo do satélite lunar. Um satélite deve começar o procedimento de travagem ao se aproximar da Lua para manter uma velocidade menor do que a velocidade de escape da Lua, a fim de que possa ser capturado pela força gravitacional da Lua e realizar o voo circunlunar.

Satélites companheiros

Dois satélites de teste de tecnologia de comunicação e navegação, Tiandu-1 e Tiandu-2, foram enviados ao espaço junto com o Queqiao-2. Eles também completaram a travagem perto da Lua ao mesmo dia e entraram em suas órbitas circunlunares. A separação dos dois satélites será realizada conforme planejado, informou a CNSA.

Leia também: China lança novo satélite para comunicações Terra-Lua

O Queqiao-2, que significa “Ponte de Pegas-2”, foi lançado em 20 de março para fornecer serviços de comunicação Terra-Lua. Ele realizará missões de exploração lunar, como a coleta de amostras no lado mais distante da Lua e a exploração da região do polo sul lunar.

Da agência de notícias Xinhua.

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.