Mundo & História
Jacaré no esgoto: trabalhadores filmam encontro assustador | Mundo & História
Reprodução / Facebook

Jacaré no esgoto: trabalhadores filmam encontro assustador

Réptil flagrado por robô com câmera prova que a famosa lenda urbana de Nova York não é bem uma lenda.

Uma equipe de obras públicas na cidade de Oviedo, na Flórida, Estados Unidos, provou que a lenda urbana de Nova York não é bem uma lenda ao encontrarem um jacaré residindo em um cano de esgoto cheio de lama.

Um aglomerado de crateras aparecia constantemente estrada acima, o que fez com que a equipe enviasse um robô equipado com uma câmera para chegar à raiz do problema. E não demoraram muito para descobrirem que o motivo era o réptil de cerca de 1,5 metro.

As imagens do animal capturadas pelo robô geraram uma avalanche de comentários na página da Administração Municipal da Cidade de Oviedo no Facebook. “Este é apenas mais um motivo para não descer pelos canos de águas pluviais!”, disse um porta-voz sobre a nova sensação subterrânea, que foi vista na sexta-feira durante uma inspeção de rotina de buracos.

Em princípio acharam que o jacaré era um sapo

Os homens disseram que inicialmente confundiram o temível morador de sangue frio com um sapo, até que conseguiram visualizar “dois olhinhos brilhantes”. Nas imagens, é possível vermos a câmera se aproximando de um par do que parecem ser luzes brilhantes no fim do túnel, lembrando um filme de terror no bom e velho estilo found footage.

Jacaré no esgoto: trabalhadores filmam encontro assustador | Mundo & História
Reprodução / Facebook

Segundo o diário norte-americano New York Post, quando o robô ficou a uma curta distância, a fera se levantou com a boca aberta, revelando-se um jacaré americano. Isso faz você lembrar de algum filme?

O mito reforçado por filmes como Alligator, dos anos 80

Alligator é um filme de terror de 1980, coescrito por John Sayles e Frank Ray Perilli, e dirigido por Lewis Teague. A obra baseia-se em uma lenda urbana muito difundida nas décadas de 1970 e 1980, de que os esgotos das grandes cidades dos Estados Unidos seriam infestados de jacarés-americanos que, comprados como animais de estimação, foram jogados nos vasos sanitários quando começaram a crescer.

Leia também: corpo de pescador na Austrália é encontrado dentro de crocodilo

Tais histórias, baseadas em observações não constantes, teriam começado na década de 30, quando realmente um jacaré foi encontrado, mas persistiram na maior parte do século XX. Filmes e animações com ideias semelhantes, como a franquia “As Tartarugas Ninjas”, teriam se inspirado na lenda.

No filme, uma adolescente chamada Marisa Kendall compra um bebê de jacaré-americano durante as férias com sua família na Flórida. Depois que a família volta para casa em Chicago, seu pai descobre o animal e, querendo se livrar do problema de criar um jacaré, joga o filhote na privada, não imaginando que o réptil se transformaria em um monstro gigantesco.

O enorme tamanho do jacaré-americano na trama é explicado como resultado de experiências de uma empresa farmacêutica com hormônio em cães de rua, cujas carcaças eram despejadas no esgoto e comidas pelo jacaré. O filme ganhou uma sequência em 1991, Alligator II: A Mutação.

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.