Mundo & História
Cientistas observam estrela parecida com o Sol engolindo um planeta | Mundo & História
Crédito: Gemini Observatory/NOIRLab/NSF/AURA/M. Garlick/M. Zamani

Cientistas observam estrela parecida com o Sol engolindo um planeta

A descoberta é significativa, pois mostra o que acontecerá com a Terra quando o nosso Sol se transformar em um gigante vermelho e devorar os quatro planetas internos.

Pela primeira vez, cientistas observaram o momento em que uma estrela moribunda consumiu um planeta. A estrela devoradora era do tamanho do nosso Sol, e o planeta que foi consumido era um gigante gasoso que tinha entre 1 e 10 vezes a massa de Júpiter.

De acordo com a CNN, o ato foi observado por uma equipe de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia da Califórnia. Eles disseram que o evento é significativo, já que é uma prévia sombria do que acontecerá com a Terra quando o nosso Sol se transformar em um gigante vermelho e devorar os quatro planetas internos – Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.

Leia também: NASA revela novo traje que os astronautas usarão na Lua

Embora os astrônomos já tenham visto outras estrelas antes e depois de tal evento, esta é a primeira vez que o acontecimento foi observado, de acordo com o estudo publicado na revista científica Nature.

“O fato de que os planetas do sistema solar seriam engolidos pelo Sol no futuro era algo que eu havia lido pela primeira vez no ensino médio, então foi surreal perceber que podemos ter encontrado o primeiro exemplo de captura de um evento semelhante em tempo real”, disse Kishalay De, coautor do estudo e pesquisador de pós-doutorado no MIT.

Estrela engolidora de planetas: como o evento acontece

Quando uma estrela semelhante ao Sol se aproxima do fim de sua vida, ela se expande de 100 a mil vezes seu tamanho original, engolindo eventualmente os planetas que fazem parte do seu sistema.

Estima-se que eventos derradeiros como este ocorram apenas algumas vezes por ano em toda a Via Láctea, a galáxia em que estamos. O próprio planeta Terra terá o mesmo destino, mas não antes de 5 bilhões de anos, dizem os pesquisadores.

Os astrônomos observaram a expansão de uma estrela em fim de vida com a utilização do telescópio Gemini South, no Chile.

Mundo & História está no Instagram, WhatsApp, X, Facebook, Telegram e Google Notícias. Não deixe de nos acompanhar por lá!

Mario Cavalcanti

Jornalista pioneiro no campo da internet brasileira, Mario Cavalcanti começou a trabalhar com conteúdo online em 1996, tendo passado por portais de destaque como Cadê?, StarMedia Brasil, iBest, Globo.com e Click21. Gosta de assuntos como mistérios, criptozoologia, expedições e descobertas científicas. É editor do portal Mundo & História e também coeditor da revista de contos Histórias Extraordinárias, da Editora Mundo.

Do passado ao futuro. Dos confins do universo às profundezas do mar. Mundo & História é um portal de notícias focado essencialmente em conteúdos de teor científico, curioso e histórico.